segunda-feira, 25 de fevereiro de 2008

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2008

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2008

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2008


Informações Gerais


O gato (Felis sylvestris catus) é um pequeno mamífero carnívoro da família dos felídeos, muito popular como animal de estimação. Geralmente pesam entre 2,5 e 7 kg, entretanto, alguns exemplares, como o Maine Coon podem exceder os 11,3 kg. Outros já chegaram a 23 kg devido à superalimentação.
Em cativeiro, os gatos vivem tipicamente entre 15 e 20 anos, mas o exemplar mais velho já registrado viveu até os 36 anos.
A duração do período de sono varia entre 12 e 16 horas, sendo de 13 a 14 horas a média. Alguns espécimes, contudo, podem chegar a dormir 20 horas num período de 24 horas.
Muitos zoólogos
acreditam que os gatos são os mais sensitivos dos mamíferos. Enquanto seu olfato e audição podem não ser tão aguçados quanto os dos ratos, a visão altamente apurada, audição e olfato sobre-humanos, combinados com o paladar e sensores táteis altamente desenvolvidos, fazem do gato um mestre nos sentidos.
Testes indicam que a visão aguçada dos gatos é largamente superior no período noturno
em comparação aos humanos, mas menos efetiva durante o dia. Os gatos têm, em média, campo visual estimado em 200°, contra 180° dos humanos. No que se refere à audição, os seres humanos e os gatos têm limites similares em baixa freqüência (com pequena vantagem para os humanos), mas os gatos têm muita vantagem na escala de alta freqüência, onde superam até mesmo os cães. Os gatos podem ouvir até duas oitavas acima dos humanos e meia oitava além dos cães. O olfato de um gato doméstico é 14 vezes mais forte que o dos humanos e os bigodes auxiliam na navegação e tato. Podem detectar pequenas variações nas correntes de ar, possibilitando ao gato descobrir obstruções sem nem mesmo vê-las. O posicionamento dos bigodes é bom indicador do humor do felino: apontados para frente indicam curiosidade e tranqüilidade, colados ao rosto indicam que o gato assumiu uma postura defensiva e agressiva. Uma curiosidade sobre o paladar dos gatos é que eles não são capazes de saborear o doce, por falta de receptores desse tipo.
Além das peculiaridades “técnicas”, os gatos têm uma personalidade excêntrica e misteriosa. Quando se decide ter um gato, além de um animalzinho de estimação, você também ganha um companheiro silencioso e divertido. Pense nisso!